LOGO NOVO FENELON-01.png
teatro-nacional-brasilia-fenelon-advogad

Ricardo Fenelon comenta à IstoÉ Dinheiro o crescimento da aviação executiva na pandemia

Em entrevista para a IstoÉ Dinheiro, nosso sócio Ricardo Fenelon aponta o crescimento da aviação executiva como alternativa para o momento de pandemia, e como esse segmento pode se consolidar mesmo após a retomada do setor.


Dados da mais recente pesquisa mundial da Global Business Travel Association (GBTA), feita em abril com 16 mil profissionais de 942 empresas do segmento, mostram que dois em cada três viajantes querem novas experiências, o que reforça essa percepção do nosso especialista.


Para Fenelon, normas como a propriedade compartilhada de aeronaves, recém aprovada pela ANAC, alavancam o crescimento e a busca por esse modelo de negócio: “Até mesmo empresas que não tinham jato executivo, mas possuíam condições financeiras, começaram a procurar pela compra”.

Na opinião dele, a aviação executiva deve se consolidar principalmente pelo trabalho de simplificação de normas que está sendo desenvolvido pela ANAC.


Fenelon também destacou que, ao tornar o processo mais acessível, a Anac também limita a ação de empresas que realizam o transporte irregular, serviço que só existe por ser muito mais barato em comparação às companhias regularizadas. Hoje, a multa para o transporte irregular pode chegar a R$ 200 mil.


Fonte: IstoÉ Dinheiro

Teatro Nacional, em Brasília - ©️ Foto: Celso Junior

Últimas Notícias